sábado, 9 de fevereiro de 2013

Festa da acolhida e a fantasia da desacolhida! 08/02/2013

Sexta-feira: festa de acolhida e fantasia! Elas estavam animadíssimas! E se sentindo lindas e felizes! 

Chegamos um pouco atrasadas e elas pediram para eu levá-las ao pátio. As turmas ainda estavam em filas se preparando para irem para as salas e nesse momento pude perceber quão cruéis crianças em grupo podem ser (mesmo aquelas que são de boa sozinhas):

Por elas estarem de fantasia, de maquiagem e de peruca bem chamativa, muitas crianças da sala da menininha maior começaram a apontar e rir da cara delas. Elas se esconderam atrás de mim e não viram tudo, mas eu vi e o que vi me perturbou: crianças rindo, apontando, debochando, com uma cara que beirava  a crueldade. De verdade! 

Nessa hora, me lembrei de tanta coisa que já li ou ouvi sobre o tão famoso bullying. Nunca sofri bullying, nem minhas menininhas, mas fiquei com dó de quem sofre, parecia que era comigo aquela gozação em massa, aqueles poucos segundo me deixaram horrorizada! Não pareciam aquelas crianças que conheço, pareciam seres cruéis, seres que mereciam uma lição. Com cara de brava interferi e disse que era feio apontar e rir das pessoas. Aí a professora viu a situação, me perguntou, eu expliquei e ela disse que conversaria com eles.  

Fui embora com uma sensação horrível e não via a hora de buscá-las na escola e ter a chance de saber como tinha sido o dia e ensinar a elas sobre algo importante Assim que entramos no carro já perguntei sobre o dia (tinham adorado tudo) e aproveitei e falei um pouco sobre o que estava me incomodando. Contei um pouco do que vi. Perguntei  o que elas viram e sentiram e falei algumas coisas. Foi mais ou menos assim: 

"Minhas filhas, se vocês não estão fazendo algo de ruim para ninguém, o que importa na vida é como vocês estão se sentindo! Vocês estão felizes com esta fantasia? (Sim!)Vocês estão se sentindo bem com esta fantasia? (Sim!) Bem, então não importa o que qualquer outra pessoa pense, diga ou faça. Tenham CORAGEM de continuar a serem vocês mesmas! Sempre! E de manterem o que as deixam felizes sempre! Pessoas assim ou não tem educação, sensibilidade com o outro, respeito, não são/têm e querem ser/ ter o que vocês são/têm ou não aguentam o diferente por qualquer razão que seja e isto não é problema de vocês! Não mudem para agradar, aprendam a defender o que gostam ou acreditam! Não é fácil, mas vale a pena a longo prazo!  

(Ah, mas eu ainda estou horrorizada com o que vi. Sei que são crianças e que muitas vezes fazem coisas sem intenção, mas fiquei perplexa no momento)

Conversei na volta e correu tudo bem, elas não vêem a maldade como vemos e elas estava se sentindo lindas e foi esse o foco que dei. Conversei sobre tudo isso acima, mas mantive o foco na diversão que elas tiveram. E como elas se divertiram neste dia!

Nenhum comentário: