domingo, 27 de setembro de 2009

Coisas de Ana Julia! O Aniversário de 1 ano e a promessa!

Querida Ana Julia,
Hoje você está fazendo um aninho. Muitas e muitas coisas passam por nossas mentes e corações, mas o mais importante é te dizer o quanto você é importante em nossas vidas.
Tanto eu, quanto o papai e a sua irmãzinha (assim como os vovôs e quem quer que tenha te conhecido) sentimos uma alegria muito grande por termos você em nossas vidas. Palavras sempre serão poucas para expressar tudo que sentimos. (Como sempre é quando amamos demais)
Mas queria te dizer que quando te olho eu já vejo uma menininha, mas ainda parece que foi ontem que você estava em minha barriga. E que barriga, pois você já nasceu enorme, tinha 52 cm e pesava 4 kilos e 200 gramas. Uma meninona fofa!
Como todo recém-nascido o começo não foi fácil: você tão frágil, tão dependente de nós, tão imatura para esse mundo tão diferente daquele ambiente seguro e sempre confortável da barriga da mamãe, mas pouco a pouco conseguimos te conhecer melhor e fizemos de tudo para que sua vida aqui conosco fosse a mais tranqüila, segura e alegre possível.
Gostaria ainda de te dizer que a sua irmãzinha te ama muito. Ela sempre te olhou de uma forma que nos dava muita alegria, desde que te viu pela primeira vez. Você sempre foi a bebezinha dela. É lógico que houve inúmeras vezes que ela te apertou, te levou para outros lugares longe dela, te tirou os brinquedos que você queria, mas o amor dela por você sempre foi visível. E é assim que gostaríamos que você a sentisse, com muito amor, carinho e vida.
Ana Julia, a mamãe poderia ficar horas aqui tentando expressar algo que nunca conseguiria resumir, mas eu acredito que o melhor presente que eu posso te dar é a promessa de amor eterno. Saiba que sempre que você precisar de mim, eu estarei ao seu lado. Afinal de contas, você foi, é e sempre será um pedacinho de mim. A diferença agora é que esse pedacinho de mim já anda e já começou a querer correr por aí. E lá vai a mamãe atrás de você, aprendendo a garantir a segurança que sempre é importante dar, mas principalmente aprendendo a dar as asas que são tão importantes para se crescer bem e aprender a ser feliz de verdade.
Vai minha borboletinha, bata suas asinhas, a mamãe vai sempre estar por perto para quando você precisar!
Te amamos! Feliz aniversário!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Coisas de Ana Julia: a menininha que chega! 23/09/09

O bebezinho já foi embora e eu nem percebi.
A menininha já está aqui conosco e só nos resta dar boas vindas.
Boas vindas aos seus desejos, à sua liberdade, à sua determinação e também às suas bravezas quando não lhe damos o que quer ou tiramos algo que não deve.
Boas vindas à sua curiosidade linda, às suas bagunças, à sua meiguice ainda querendo colo e aconchego, às suas tentativas de verbalizar o que deseja expressar e principalmente, devemos dar boas vindas à sua personalidade que aflora mais e mais a cada dia.
Ela deve ser o que é.
Ela vai ser educada, vamos dar limites, vamos ensinar o que se deve ou não em uma vida cercada por outras pessoas, mas devemos abraçar o seu jeito de ser em cada fase da vida.
Não devemos exigir demais, nem de menos. Não devemos tentar moldá-la e sim dar espaço para tudo de bom que tem dentro dela. Não devemos sufocá-la e não devemos julgá-la por atos que possam parecer defeitos quando na verdade são apenas reflexos da faixa etária que atravessa.
Ela vai crescer como todos nós: com defeitos e qualidades. Mas o mais importante é que vai crescer sabendo o que é ser amada e isso com certeza abrirá as portas da felicidade para ela!
Bem vinda, menininha! Amamos você!