sexta-feira, 15 de maio de 2009

O ontem e o hoje! 15/05/09

Às vezes, quando fecho os olhos, parece que foi ontem que me olhava no espelho e ficava imaginando o que a vida teria reservado para mim.

Me olhava no espelho e ficava imaginando como seria minha vida quando tivesse uma família, quando tivesse meus filhos. Parecia tão distante, tão irreal que quase não acredito que quatro anos depois já sou mamãe de duas mocinhas: uma que tem quase três anos e outra que daqui cinco meses já vai completar um aninho!

Alguns anos se passaram, passei por duas gravidez, tenho minhas mocinhas e ainda parece que tudo isso aconteceu em um piscar de olhos!

Às vezes olho para minhas menininhas e me espanto:

"Eu já sou mamãe e duplamente? Elas são minhas? Vieram de mim? Dependem de mim? Me amam? Moram comigo? Ficam bravas comigo? (quer dizer, pelo menos minhas rebeldinha de dois aninhos) Se divertem comigo? Dependem de mim?"

Sei que mencionei duas vezes o fato de dependerem de mim, mas é que teoricamente isso é assustador, mas quem é mamãe sabe que isso vem com o pacote. A gente ama, se diverte, mas tem muitas responsabilidades. Se alguém me contasse tudo que aconteceria, eu teria certeza de que não daria conta nem de um terço, mas na prática, tudo se ajeita. A vida pode não ser exatamente calma e suave como os livros e filmes nos fazem acreditar (ou mesmo nossos sonhos), mas eu sei que todas as mamães não voltariam atrás. A vida é mais vida com nossos filhos em nossos planos diários!

Mas que ainda me espanto com tudo isso e com o fato de em um piscar de olhos já ser mamãe de duas, ah, isso eu me espanto!

P.S. Essa foto foi tirada no dia 23/04/05 a caminho do clube em busca de uma tarde tranquila à beira do lago. Nessa época ser mãe e ter uma família ainda estava apenas nos sonhos. Quando olhos essas fotos, parece que ainda sinto a paz e inocência em meu olhar emoldurados por qualquer arco-iris da vida. Parece que ainda sinto a leveza dessa época. Época quando ainda não sabia a respeito do peso de ter o futuro de duas pessoinhas dependendo tanto de mim. É um peso sim por abarcar tanta responsabilidade, mas é algo que não troco por nada, nem por esse olhar de inocência da vida que tenho nessa foto antiga, mas que ainda parece tão recente!
Dá saudades sim, mas ficou para trás. Sou mais feliz assim! Exatamente do jeitinho, da cor e e do som, que minha vida tem agora! Mesmo que a trilha sonora ainda esteja sendo ditado pelo gosto musical das minhas menininhas!

Nenhum comentário: