terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Coisas de Ana Luisa! Foi carnaval! 24/02/09



Ana Luisa impossível a manhã inteira.

Era o esperado já que foi feriado e já que a babá não estava para ajudar! E como sempre acontece ... já que filhinhos tem radar para saber os dias mais apropriados para ser feliz em excesso! :)

Bem, em meio ao caos dela, com ela mesma, com a irmãzinha, com os brinquedos dela, com as coisas do papai dela, do vovô dela, com a irmãzinha de novo, com ela de novo... de repente, me lembro da folia no clube de campo que frequentamos e falei:
-"Meu anjo, hoje tem festa a fantasia, sabia? "
-"Ãnnn??? Feta fantasia?"
-"É, princesa. Você quer ir?"
-"Oba! Feta fantasia!" Agola mamãe?"
-"Não, minha linda, a tarde!"
-Ah, tá!

Três segundos depois:
-"Feta fantasia, mamãe?"
-"É, lindinha."
-"Agola, mamãe?
-Não, meu anjo! A tarde! Brinca na sua casinha, a mamãe brinca com você!" (na verdade, uma barraquinha da barbie)


Menos de um minuto depois:
-"Mamãe, feta fantasia?"
- (Ai que vontade de não ter falado com tanta antecedência) :)

A sorte é que ela foi passar o almoço e um pedaço da tarde na vovó paterna.
E só depois fomos na tão falada festa a fantasia. E até que foi bem divertido, com direito a pula-pula, piscina de bolinha, animadores de dança para os pequenos, palco, confete, balão, serpentina e muita espuma! Não sei se ela amou, mas seu rosto, embora tímido, estava iluminado. Ela até arriscou imitar a tia da dança em cima do palco. E não é que ela que conseguiu?

P.S. Ela foi vestida de Chapeuzinho Vermelho e a irmãzinha de Minie. O mais legal do dia foi ter que ficar cantando "Pela estrada afora..." o caminho inteiro até o clube! Minha Chapeuzinho Vermelho ama escutar minha voz! :)

Ah, eu não estava afim de pular carnaval. Não estava afim de compactuar com essa alegria generalizada, superficial e com a obrigação de ser feliz desse dia. Queria ficar em casa, no ar condicionado organizando as fotos que revelamos e tentando não pensar em minha mãe e na saudade que sinto. Então, inventei que era festa a fantasia para me enganar! E não é que funcionou?
Abraços!