terça-feira, 23 de setembro de 2008

LUTO: Saudade! 23/09/08_39 semanas e 5 dias



Era uma vez um homem e uma mulher que se conheceram, se enamoraram, se casaram, tiveram uma filhinha e tiveram provavelmente muitos sonhos.

Tiveram provavelmente também dificuldades, dias melhores, outros nem tanto. Mas seguiram em frente, juntos.

Um dia a filhinha que tiveram cresceu, desabrochou, teve muitos sonhos, caiu, levantou e se tornou mulher. Formou família, virou gente grande, expandiu seus sonhos na forma de outras pessoas pequenininhas que precisam dela e achou que colo era algo a ser oferecido a esses serzinhos ou àquele que compartilha com ela essa experiência mágica de ser mãe.

Mas aí um dia o castelo se desmoronou. Sua mãe partiu para não mais voltar. Foi ao céu descansar. E embora ela saiba que sua mãe está em tudo ao seu redor e até nela mesma, volta e meia sente uma vontade desesperadora de seu colo encontrar.

E assim seguem seus dias, oferece colo e abrigo, sonha, luta, se alegra, se entristece, sente saudade, segue em frente, mas de uma coisa não se esquece: como era bom o que o colo de sua mãe representava.

19/09/08_1 mês do falecimento de minha mãe. Momento difícil. Lembranças remexidas. Lembranças doloridas. Principalmente por serem boas lembranças.

Nenhum comentário: